Alcance o estado mental de sucesso utilizando a Ancoragem

Já imaginou ter o controle de suas emoções e conseguir alcançar um estado mental de felicidade, mesmo em situações tristes? Ou, quem sabe ativar o estado de foco profundo em ambientes bagunçados com muito barulhos?

A ativação de estados mentais é uma técnica da Programação Neurolinguística (PNL) que é utilizada por pessoas com alto grau de inteligência emocional e autoconhecimento.

ancora

A técnica mais famosa no mundo da PNL para invocar estados mentais é a Ancoragem, que quando bem utilizada,  pode fazer você alcançar uma emoção desejada a partir de simples ações ou pensamentos. A boa notícia é que você pode entrar nessa pequena parcela de pessoas que dominam esse processo mental.  

O objetivo das Âncoras Mentais

9a321e5eeb4944ec38428f1dea20dceb

O navio, com o objetivo de se estabilizar em uma determinada área, utiliza âncoras para se prender e obter segurança.

Assim como o caso do navio, utilizar âncoras mentais diz a respeito à  habilidade de se prender em um estado mental desejado.

Essa técnica pode ser desenvolvida ao se resgatar experiências positivas a qualquer momento, mudando de forma impactante a consciência e pensamentos (mundo interno) e consequentemente a forma como você enxerga tudo na vida (mundo externo).

Capturar

Todo esse processo é uma ação reflexiva e associativa com base nas suas experiências passadas. E ele acontece naturalmente todos os dias.

Não sabe como? Vou dar alguns exemplos:

  1. Todo mundo tem aquela música, que só de ouvir te traz felicidade por lembrar de uma experiência positiva ou de uma pessoa que ama.
  2. Já olhou para aquela foto da viagem com os amigos e sentiu um sentimento bom e de saudades?
  3. Conhecem aquele amigo que tem medo de aranhas? Só de ver uma entra em pânico.
  4. Algo que influencia todos profissionalmente é entrar em uma reunião. Apenas por entrar no trabalho ou em uma sala de reunião, adotamos uma postura mais profissional.

Esses foram apenas alguns exemplos para você entender o que são âncoras e como elas interferem em suas emoções. A música certa é uma âncora que prova felicidade. Uma foto pode provocar seu lado aventureiro. Uma aranha pode provocar medo. Uma sala de reuniões pode provocar postura profissional.

De forma geral, elas invocam muitos tipos de estado e saber trabalhar com isso pode te diferenciar pessoalmente, profissionalmente e socialmente.

Ora, se as âncoras existem naturalmente, como invocá-las a qualquer momento?

Tudo é um processo de autoconhecimento e capacidade prática de trabalhar com suas experiências e emoções.

Um estudo famoso de Amy Cuddy, pesquisadora formada em Harvard, mostra como sua linguagem corporal molda quem você é. A primeiro momento Amy explica o processo biológico de um atleta ao ganhar uma grande competição

O que acontece com a linguagem corporal do competidor?phelpsbio

Exato, eles levantam os braços ou realizam um postural corporal de vitória, pois se sentem poderosos. Após um estudo de Jessica Tracy, foi mostrado que essa ação é realmente universal, até pessoas que nasceram cegas e nunca viram essa postura, realizam esse tipo de movimento ao ganhar uma competição física.

Essa ação no momento da vitória é consequência do aumento do nível de testosterona (confiança) e diminuição do cortisol (stress), que faz com que o cérebro se torne mais assertivo, confiante e confortável.

O mais impressionante é que a pesquisa de Amy Cuddy provou que pode ocorrer o inverso. Ou seja, você não precisa ganhar uma corrida para se sentir bem. Apenas se você simular a linguagem corporal de “vitória” por alguns minutos, isso fará com o que o seu corpo automaticamente eleve níveis de testosterona e abaixe os de cortisol, provocando a mesma reação de você “estar ganhando uma corrida”. Legal né?

Assim, o ato de levantar as mãos para o alto (vitória!) é um exemplo perfeito de âncora para alcançar o estado mental de confiança. Agora imagine você fazendo uma apresentação no trabalho, uma prova da faculdade ou apenas logo depois de acordar, tudo com aquele sentimento de confiança como se tivesse acabado de ser campeão de uma corrida?

Bem, agora podemos avançar para a parte final. Está na hora de criar as suas âncoras.

Como criar suas próprias âncoras

Para exemplificar, vamos contar o último acontecimento na vida de Ana – o término do namoro.m

Foram quase 3 anos de relacionamento, Ana está triste, perdida e insegura. Como vai ser sua vida agora? Então ela tem uma brilhante ideia: Se trancar no quarto e ouvir a música “Evidências – Chitãozinho & Xororó” no último volume!

O que acontece? Todos sabem, Ana entra em um abismo mais profundo ainda e chora até dormir ou dar fome. Neste caso, a música “Evidências” é uma âncora mental muito forte, porém ocasionou o efeito inverso, levou a Ana para um estado mental com maior tristeza ainda.

Ana decidiu agir.

Como uma garota muito esperta, ela começou a estudar sobre processos mentais e funcionamento do cérebro. Depois de algumas horas lendo artigos e assistindo vídeos, Ana se interessou pelo assunto âncoras mentais e decidiu criar a sua própria âncora para sair daquela fase.

Como Ana se conhece muito bem, percebeu que ficava triste o dia inteiro e que tudo tinha início ao acordar, pois ouvia apenas músicas tristes que remetia ao ex.  Ana pensou, pensou… e lembrou que havia uma playlist que trazia muita felicidade, pois lembrava da melhor viagem de sua vida que tinha feito com suas melhores amigas.

Ana encontrou uma perfeita âncora mental.

m2

Agora, quase todas as manhãs Ana se levanta e toma um banho ouvindo a playlist da viagem que fez com suas amigas. Aquilo lhe traz felicidade e animação, que muda todo o resto do seu dia.

Neste vídeo de técnicas de ancoragem, a coach Débora Loureiro faz um resumo rápido sobre como criar suas âncoras.

Tenha suas próprias âncoras

Se conheça.

Saiba de tudo que te faz feliz e que te deixa triste, trabalhe com suas emoções ao seu favor. Seja uma ação corporal, ver uma foto, ouvir aquela música ou qualquer outra atitude, todos temos ativadores de emoção naturais, só precisamos trabalhar com isso.

Para criar âncoras, conecte uma ação com um sentimento bom ou uma experiência positiva. Repita a conexão inúmeras vezes. Após certa quantidade de vezes, quando você executar a ação, automaticamente o estado emocional virá à tona.

O texto foi elaborado para abordar uma introdução no assunto, entretanto é possível encontrar bons conteúdos mais aprofundados em livros, principalmente de PNL. Além disso, algo que existe, mas não foi abordado aqui, é como executar e ativar âncoras em outras pessoas, como uma técnica de hipnose – assista um exemplo disso em uma passagem da série Mentalist.

Eai, bora praticar?

Escrito por:
zzMatheus Castelo
Criador do desenvolva-C,
graduando de Engenharia de Produção da UFSC e
apaixonado por desenvolvimento pessoal

Um comentário sobre “Alcance o estado mental de sucesso utilizando a Ancoragem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s